Principais rios de São Luís sofrem com poluição - Maranhão em foco !
Principais rios de São Luís sofrem com poluição
27/10/2017 - por Redação Maranhão em Foco
Situação preocupante que necessita urgentemente de medidas que garantam a sua sobrevivência.

Os rios Bacanga e Anil compõem a hidrografia de São Luís e, juntos, são os dois principais rios que atravessam a capital. No entanto, o estado de conservação em que ambos se encontram é preocupante e de alerta para a necessidade de medidas que garantam a sobrevivência desses componentes fundamentais ao ecossistema da Grande Ilha.

De acordo com a geógrafa Renata Castro, a maioria dos rios de São Luís está degradada e poluída. “Há esgoto sendo lançado in natura nesses rios e o uso e ocupação é intenso. Há solo impermeabilizado, principalmente em áreas de recarga de aquíferos, o que torna a nossa situação em relação a recursos hídricos na Ilha muito complicada”, afirmou.

A pesquisadora diz que, no caso do Rio Bacanga, a ineficiência no tratamento de esgotos da cidade prejudica significativamente esse rio. “Em São Luís, não possuímos tratamento de esgoto eficiente, então, um dos agravantes à poluição é o lançamento de esgoto in natura e o descarte de resíduos sólidos”, pontuou.

Para Renata Castro, o primeiro passo a ser dado, visando a conservação da hidrografia ludovicense, é o investimento em tratamento de esgoto. Somado a isso, a realização de zoneamento das áreas de APP e o reflorestamento nessas áreas seriam medidas eficazes. “A implantação de medidas socioeducativas para a população, mostrando a importância de não haver desmatamento, não descartar lixo nos rios, não impermeabilizar o solo (por exemplo: não cimentar seus quintais por completo, porque isso facilita a infiltração de água e a recarga de aquíferos) também é fundamental”, concluiu.

www.maranhaoemfoco.com.br

Rio Bacanga
KG/ OImparcial

Hidrografia de São Luís

A hidrografia de São Luís é composta por nove rios: Anil, Bacanga, Tibiri, Paciência, Maracanã, Calhau, Pimenta, Coqueiro e Cachorros. Dentre esses, os principais são o Bacanga (com 233,84km de extensão) e o Anil (com 12.63km de extensão).
Considerado como a maior bacia hidrográfica da cidade, o Rio Bacanga deságua na Baía de São Marcos e tem o percurso de 16,8 km; já a Bacia do Bacanga – que é a área onde a água da chuva escorre para um trio principal e seus afluentes – inclui áreas de abrangência populacional, são elas os bairros Vila Embratel, Sá Viana, Pindorama, João Paulo, Filipinho, Coroadinho, Praia Grande e Sacavém. Essa proximidade com regiões onde diversas residências estão instaladas acaba favorecendo a poluição dos rios. O segundo maior rio que corta a capital é o Anil, que é o responsável por fazer a divisão entre o Centro Histórico e a ala industrializada de São Luís.

Despejo de esgoto nos rios

Como em todos os casos que envolvem a conservação ambiental, o cerne da questão é bipolarizado: de um lado, estão as políticas públicas voltados à preservação e, do outro lado, está a conscientização da população. O despejo de esgoto clandestino e a ocupação irregular de áreas de preservação permanente (APP) em margens de rios e mangues são as principais causas de poluição dos rios que cortam São Luís.

Órgãos como a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) e a Sema são responsáveis pela efetivação de medidas visando ao combate do despejo irregular de esgoto nos principais rios da capital maranhense. As APPs são de responsabilidade municipal, portanto, a fiscalização da ocupação dessas áreas e a concessão de licenças ambientais no âmbito local cabem à gestão municipal.

Atualmente, está em andamento a elaboração do Plano Estadual de Recursos Hídricos, que promoverá novas práticas de utilização das águas com vistas à promoção de políticas públicas que respeitem as especificidades sociais, econômicas e ambientais de cada bacia hidrográfica do Maranhão.

Programa Maranhão Verde

Instituído pela Lei Estadual nº 10.595, de 24 de maio de 2017, e regulamentado pelo Decreto nº 32.969, de 5 de junho de 2017, o Programa Maranhão Verde é destinado a fomentar e desenvolver projetos voltados para o apoio à conservação e recuperação ambiental. O Parque Estadual do Mirador foi alvo da primeira etapa do programa com o projeto “Berço do Rio Itapecuru”, destinado a conservar e recuperar as nascentes e cursos dos rios Itapecuru e Alpercatas, localizados no interior do Parque. Segundo o governo do estado, o Programa Maranhão Verde deve abranger todo o território do estado.

Já na região metropolitana de São Luís, a Sema, em parceria com a Agência Nacional das Águas (ANA) e a Companhia de Pesquisa e Recursos Minerais (CPRM), está elaborando o Estudo Hidrogeológico da Região Metropolitana de São Luís, que tem como objetivo a geração de conhecimento hidrogeológico sobre os sistemas aquíferos da Ilha, das relações entre eles e destes corpos d’água superficiais e a avaliação de locais com restrições de uso da água, tanto em termos de quantidade, quanto de qualidade, orientando a definição de estratégias de gestão das águas subterrâneas, com o intuito de dar subsídios para o uso sustentável dos recursos hídricos da capital.

Atitude Consciente

O projeto Atitude Consciente é realizado pela Sema e tem como objetivo conscientizar a população maranhense em relação aos cuidados com o meio ambiente. De forma pedagógica, maranhenses são ensinados a valorizar e preservar o ecossistema local. Essa medida é aliada ao monitoramento e às fiscalizações que são feitas semanalmente em empreendimentos comerciais e residenciais, no sentido de evitar o lançamento irregular de esgotos que permanecem sendo jogados diretamente nos rios e praias.

Fonte: Oimparcial

Acompanhe nossa página no Facebook
Maranhão em foco » notícia » Principais rios de São Luís sofrem com poluição
Açailândia
Qualidade do ar em Açailândia é tema de reunião no judiciário
Qualidade do ar em Açailândia é tema de reunião no judiciário
Polícia Militar prende bandidos que roubaram e agrediram família em Açailândia
Polícia Militar prende bandidos que roubaram e agrediram família em Açailândia
Polícia Rodoviária Federal inicia operação
Polícia Rodoviária Federal inicia operação "Finados" no Maranhão
Imperatriz
Homens do 14º BPM prendem suspeito de tráfico com 5kg de crack, em Imperatriz
Homens do 14º BPM prendem suspeito de tráfico com 5kg de crack, em Imperatriz
Caminhoneiros protestam contra aumento de combustível em rodovias no MA
Caminhoneiros protestam contra aumento de combustível em rodovias no MA
Moradores perdem casas após enchente, em Imperatriz
Moradores perdem casas após enchente, em Imperatriz
Governo
Um terço das crianças mais pobres do Brasil está fora da creche por ausência de vagas
Um terço das crianças mais pobres do Brasil está fora da creche por ausência de vagas
Caminhoneiros protestam contra aumento de combustível em rodovias no MA
Caminhoneiros protestam contra aumento de combustível em rodovias no MA
Mais duas cidades do Maranhão têm Situação de Emergência decretada
Mais duas cidades do Maranhão têm Situação de Emergência decretada
Acidentes
Ônibus pega fogo próximo à UFMA hoje pela manhã (21/03) em São Luís
Ônibus pega fogo próximo à UFMA hoje pela manhã (21/03) em São Luís
Grave acidente na BR-010 deixa um morto e outro ferido
Grave acidente na BR-010 deixa um morto e outro ferido
Criança de 4 anos morre eletrocutada em João Lisboa
Criança de 4 anos morre eletrocutada em João Lisboa