topo
Preso suspeito de participar de seis homicídios em cidades no interior do Maranhão Preso suspeito de participar de seis homicídios em cidades no interior do Maranhão
Crimes teriam acontecido nas cidades de Tutóia e Água Doce do Maranhão, interior do estado. Suspeito foi preso na terça-feira (11).
Por Werbete | 12/06/2024 - 18h25
Compartilhar no Whatsap

A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) prendeu temporariamente, na terça-feira (11), um homem de 25 anos suspeito de participar de pelo menos seis homicídios nas cidades de Tutóia e Água Doce do Maranhão, interior do Estado.

O suspeito foi localizado na segunda-feira (10), durante uma operação da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA). Com ele, foi apreendido uma grande quantidade de crack, maconha e cocaína, além de diversas munições calibre .38.

Após buscas no sistema da Polícia Civil, ficou constatado a participação do suspeito em uma série de homicídios ocorridos no interior do Maranhão.

 

Ele é investigado pela participação em um homicídio e uma tentativa de homicídio no Povoado Bom Gosto, em Tutóia. O crime aconteceu em 19 de março e foi registrado por câmeras de segurança da área. O suspeito, junto com mais cinco criminosos, invadiram uma residência e dispararam diversas vezes contra as vítimas.

De acordo com o delegado Alexandre Portela, da Delegacia de Tutóia, ele também é investigado por participar do assassinato de quatro pessoas no Povoado Santa Rosa do Jardim, em Tutóia. O crime aconteceu em 29 de março deste ano.

As vítimas foram executadas com requintes de crueldade e, uma delas, teve uma das suas pernas quebradas antes de ser morta. Além disso, ele é investigado por participar dos seguintes crimes:

 

  • Homicídio em um bar no bairro Paxicá, em Tutóia. Crime aconteceu em 17 de maio deste ano;
  • Outros crimes em Água Doce do Maranhão (MA).

 

Segundo a Polícia Civil, após a prisão dele, agentes localizaram outros dois suspeitos de participar dos crimes ocorridos em 29 de março. Um segundo envolvido no caso também foi preso. O suspeito preso na terça-feira foi levado para o Sistema Penitenciário do Maranhão onde vai permanecer à disposição da Justiça.

Fonte: G1