topo
Preso suspeito de participar da morte de motorista de aplicativo durante assalto em São Luís Preso suspeito de participar da morte de motorista de aplicativo durante assalto em São Luís
Tiago Sul Leite, de 35 anos, foi morto a facadas no dia 27 de maio deste ano, na região do Jardim São Cristóvão.
Por Werbete | 17/06/2024 - 18h45
Compartilhar no Whatsap

Foi preso, no fim da manhã desta segunda-feira (17), um jovem de 19 anos de idade, apontado como um dos participantes do latrocínio (roubo seguido de morte) do motorista de aplicativo Tiago Sul Leite, de 35 anos.

A vítima foi morta a facadas no dia 27 de maio deste ano, na região do Jardim São Cristóvão, durante um assalto.

De acordo com a Superintendência Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa(DHPP), o preso, na companhia de outro indivíduo, abordaram o motorista de aplicativo e anunciaram o assalto. Na ocasião, o motorista foi esfaqueado, retirado do carro e jogado na rua. O veículo da vítima foi roubado e localizado horas depois.

 

O investigado, que foi preso no bairro Jardim São Cristóvão, foi apresentado na sede da SHPP, em São Luís, onde foi submetido aos processos exigidos pelo judiciário, sendo posteriormente encaminhado para uma unidade prisional da capital maranhense.

 

O crime

 

O motorista de aplicativo Tiago Sul Leite foi morto após um assalto na noite do dia 27 de maio, no bairro Jardim São Cristóvão, em São Luís.

De acordo com a Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), o corpo da vítima foi encontrado em uma calçada, nas imediações da Rua Projetada, no bairro. Pelo corpo, haviam inúmeras perfurações feitas por faca.

Segundo a PM, os criminosos teriam abordado o motorista de aplicativo e anunciaram o assalto no momento em que ele entrava na rua. Após ser esfaqueado, a vítima foi retirada do veículo e jogado em uma calçada. Em seguida, os bandidos fugiram com o carro.

O motorista não resistiu aos ferimentos e morreu. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionada, foi até o local do crime chamado e atestou a morte.

Após o assalto, o veículo foi abandonado em uma área próxima ao crime.

Fonte: G1