topo
Homem se passa por agiota, ameaça vítima por 'falsa' dívida de R$ 1,5 mil e é preso em Timon, no MA Homem se passa por agiota, ameaça vítima por 'falsa' dívida de R$ 1,5 mil e é preso em Timon, no MA
Suspeito de 27 anos, foi preso nesta quarta-feira (19). De acordo com a Polícia Civil, ele soube que marido falecido da vítima tinha dívida de R$ 1,5 mil, se passou por suposto agiota e iniciou as ameaças.
Por Werbete | 19/06/2024 - 18h25
Compartilhar no Whatsap

A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) prendeu, nesta quarta-feira (27), um homem de 27 anos suspeito de se passar por um agiota, ameaçar a extorquir uma mulher em Timon, cidade a 450 km de São Luís.

O caso chegou até a polícia após a vítima registrar um boletim de ocorrência. Em depoimento, a mulher relatou que após a morte do marido, começou a receber inúmeras mensagens de um suposto agiota cobrando uma dívida do seu marido no valor de R$ 1.500.

Ao suposto agiota, a vítima negou que tinha conhecimento de dívidas do marido. O suspeito então começou a ameaçar a mulher de morte, chegando a ameaçar sequestrar o filho dela, uma criança de 7 anos. Além disso, ele chegou a enviar fotos de onde a mulher morava.

Após registrar o caso, policiais da Divisão de Inteligência e Capturas da Polícia Civil em Timon iniciaram as investigações. O suspeito foi identificado e localizado no bairro Joia, em Timon.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito era vizinho da mulher, tinha conhecimento da rotina da casa e sabia que o falecido da vítima tinha uma dívida. O homem já havia sido indiciado, outras duas vezes, por crime de estelionato e possui diversos boletins de ocorrência por ameaça.

Ao ser abordado, os policiais ligaram para o número que fazia as ameaças e o telefone tocou no bolso do suspeito. Ele recebeu voz de prisão, foi levado para Central de Flagrantes onde foi autuado e encaminhado a Unidade Prisional Jorge Vieira.

O homem já havia sido indiciado, outras duas vezes, por crime de estelionato e possui diversos boletins de ocorrência por ameaça. Segundo a polícia, o crime de extorsão está previsto no Art. 158 com pena que varia de 4 a 10 anos de reclusão.

 
Fonte: G1